Problemas vasculares

Problemas vasculares: 12 sinais comuns

Você sabe o que são problemas vasculares? Na medicina, esse grupo de doenças abrange condições que possam alterar e interferir no correto funcionamento dos vasos sanguíneos. Nesse sentido, são doenças que tendem a prejudicar a circulação do sangue, especialmente nas extremidades do corpo, com nos pés, cabeça, braços e pernas.

Muitas pessoas têm algum tipo de doença vascular, mas devido à falta de informação nem se dão conta da situação. Por isso, entender quais são os principais sintomas é fundamental para procurar ajuda o mais rápido possível.

Quer saber mais? Continue a leitura e fique por dentro sobre esse assunto!

12 sinais de problemas vasculares

Como apontamos, nem sempre uma doença vascular causar algum sintoma evidente. Por outro lado, quando eles aparecem podem se manifestar das seguintes maneiras, entre outras:

  1. suor em excesso;
  2. fadiga extrema ou fraqueza corporal;
  3. dor que se espalha pelas costas, pescoço, mandíbula, ombros e braços;
  4. sensação de falta de ar;
  5. náuseas;
  6. pele pálida ou azulada;
  7. fraqueza nas pernas e nos pés;
  8. feridas nos membros inferiores que cicatrizam muito devagar ou nem iniciam o processo de cicatrização;
  9. problemas no crescimento das unhas dos pés;
  10. falta de pelos nas pernas;
  11. mobilidade restrita;
  12. varizes.

Esses são alguns dos sinais de problemas vasculares mais comuns. Mas além de ter atenção a eles, também é preciso acompanhar atentamente os fatores de risco. Nesse sentido, alguns dos mais importantes são:

  • ter mais de 50 anos;
  • altos níveis de estresse;
  • estar de sobrepeso;
  • não praticar atividades físicas regulares;
  • altos níveis de triglicerídeos e colesterol no sangue;
  • pressão alta;
  • diabetes;
  • ter histórico familiar de doenças cardíacas ou vasculares;
  • fumar.

Quais os tratamentos disponíveis para os problemas vasculares?

Em suma, muitos dos problemas vasculares mais comuns podem ser gerenciados eficientemente e até evitados quando a pessoa adota alguns bons hábitos na sua rotina. Nesse sentido, alguns comportamentos que podem ajudar incluem:

  • evitar o hábito de fumar;
  • controlar o consumo de álcool;
  • procurar manter o peso dentro do ideal;
  • manter uma dieta alimentar equilibrada;
  • praticar exercícios físicos regulares.

Além disso, quando a condição apresentada pela pessoa é simples, o tratamento médico pode ser feito com medicamentos específicos, a exemplo dos anticoagulantes. No entanto, pode acontecer de a mudança no estilo de vida e o uso de remédios não ser o suficiente para lidar com o problema vascular diagnosticado.

Dessa forma, o médico especialista pode recomendar que o paciente seja submetido a uma cirurgia, especialmente se houver um coagulo obstruindo suas veias.

Considerações importantes

Em primeiro lugar, no que diz respeito às doenças vasculares, precisamos observar que várias delas são categorizadas como uma condição médica vitalícia. Portanto, isso significa que a pessoa precisa visitar regularmente o médico especialista e seguir rigorosamente todas as orientações passadas pelo profissional para evitar complicações. Além disso, adotar novos hábitos e medidas para um melhor gerenciamento do quadro é essencial para manter a qualidade de vida.

Portanto, se você notar a presença de qualquer um dos sintomas que citamos anteriormente, procure marcar uma consulta com seu médico o quanto antes. Talvez você não tenha problemas vasculares, mas é sempre melhor ter certeza para não colocar a sua saúde em risco.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Então, leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como angiologista e cirurgião vascular no Rio de Janeiro!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp